HOMEOGRAFIAS

São frequências copiadas em água destilada. Podem ser:

  • Fortalecedoras (um órgão, tecido…) podem tomar-se sempre. (válidas para pratos de zapeo)
  • Desintoxicantes e não válidas, para pratos de zapeo
  • Para estimular a produção de uma substância por um órgão, glândula…

Regras gerais:

  1. Utilizar sempre água procedente de destiladora (sem condutividade).
  2. Não utilizar conta-gotas de borracha porque contem ácido malónico e metais pesados.
  3. Realizar sempre com cópias nunca com originais.
  4. Deitar fora as embalagens, não voltar a utilizar depois de usadas
  5. Descansar sempre, no mínimo um minuto, entre cada dose.
  6. Manter os frascos afastados do sol e imãs.
  7. Realizar as cópias de cristal translúcido castanho, ou plástico opaco castanho, caso contrário, a frequência conserva-se por menos tempo.
  8. Podem ser copiadas em plástico de outra cor se consumidas antes de 3 meses.
  9. Nunca consumir homeografias de um patogénico (vírus, bactéria, parasitos porque reforça o tóxico.
  10. Nunca tocar na boca.

As homeografias dos órgãos fortalecem o órgão e sua função.

Os “take out” são tomados para eliminar tóxicos do organismo.

Dosagem de homeografias:

  • 2 primeiros dias 6 gotas 6 vezes por dia (diretamente debaixo da língua)
  • A partir do terceiro dia: 6 gotas 3 vezes ao dia.
  • Mínimo 1 minuto entre cada dois diferentes para evitar que as frequências se misturem.

TIPOS – TAKE OUT:

  • Retire os metais pesados.
  • Retire corantes.
  • Retire a graxa de rolamento de roda.
  • Retire óleo do motor.
  • Retire plástico e borracha.
  • Retire de um metal ou corante específico (por exemplo: ouro, cromo)